A cabeça fica mais pesada, o nariz não pára de incomodar e a garganta grita por ajuda. Posso dizer-vos que sou culpada de nunca curar uma constipação como deve ser: continuo com a minha vidinha, remedeio com analgésicos, até a minha mãe me obrigar a ir ao médico para que ele me diga o que já sei, que a constipação requer repouso para recuperar completamente.

Este ano, no entanto, tenho feito um esforço para ser consciente, e fico em casa quando preciso. Para me motivar a descansar e abrandar o ritmo, tenho-me concentrado em tornar o tempo de repouso o mais agradável possível – e hoje partilho convosco alguns dos pormenores que têm melhorado o meu humor nessas alturas!

IMG_0383

Continuar a ler →

 

Faço parte do grupo de pessoas que raramente está atrasada. Se há coisa que odeio nesta vida é esperar, portanto, também não gosto de fazer os outros esperarem por mim. Não preciso de 10 despertadores para acordar, nem sequer de acordar muito tempo mais cedo para me preparar, mas gosto de ter sempre um relógio comigo para me dar um boa ajuda neste aspeto (não, ver as horas no telemóvel não é a mesma coisa!). Se pudesse, tinha uma enorme quantidade de (bons) relógios… Não tenho nenhum Rolex (one day… I wish!), mas o relógio dourado da Michael Kors que comprei em Paris é o meu mais fiel companheiro no que diz respeito a horas.

Porque gostava que toda a gente fosse pontual (impossível, não é?!), hoje dou-vos algumas sugestões de relógios, desde os pretos aos coloridos, passando por metalizados e castanhos.relógios1

Continuar a ler →

Os casacos cor de rosa estão na moda. Não me refiro ao cor de rosa em geral, mas sim ao rosa muito clarinho – aquele a que chamamos cor de rosa bebé. Confesso que nesta estação, os sobretudos me têm agradado imenso e é nessa área que tenho mais vontade de investir. O sobretudo cor de rosa é, efetivamente, uma das peças que quero adicionar ao meu guarda-roupa e, por isso, já ando em busca do modelo perfeito.

casacocorderosa

À esquerda encontra-se esta opção da La Redoute, que me agrada imenso e que, ainda por cima, se encontra com um desconto super simpático! A outro casaco é da Pull&Bear e foi uma verdadeira desilusão… Gostei muito dele, adorei o preço e, por isso, decidi ir experimentá-lo à loja. O resultado foi um provador cheio de pelo cor de rosa, o que além de ser desagradável, é impensável, para que, como é o meu caso, utiliza lentes de contacto diariamente. Assim, o da La Redoute está muitos pontos acima da da Pull&Bear e acho que, mais dia, menos dia vou encomendá-lo. O que é que vos parece?

Seguem agora alguns looks muito inspiradores:casacorosa3

Continuar a ler →

Até hoje ainda só experimentei duas águas micelares (falei sobre elas aqui) e, não sendo a maior convertida de sempre, há um aspeto que me desagrada particularmente: a sensação que deixam no rosto. Duvido que seja a única pessoa a desgostar dessa sensação, pois tenho pele mista e mesmo nas zonas onde a pele não é oleosa, há sempre um certo resíduo desagradável. A certa altura, podia jurar que era isso que estava a piorar o meu acne… Serei a única com esta queixa?

IMG_0367
Continuar a ler →

 Foi há algumas semanas atrás que eu decidi fazer uma sessão de treino personalizado no Fitness Hut. Até à data só tinha frequentado aulas e achei que esta experiência me poderia ajudar a diversificar um pouco os meus treinos e, claro, aprender a trabalhar de forma mais correta com o meu corpo. A correção da postura é algo que considero essencial para treinar e nesse aspeto o treino foi muito útil. No post de hoje, vou partilhar a minha experiência, bem como alguns dos exercícios que fiz ao longo do treino.

Agendei a sessão com a Inês Byrne (no site podem ver todos os PT’s que trabalham em cada um dos ginásios) e não começámos o treino sem antes ter uma pequena conversa acerca dos objetivos do treino, bem como da realização de um pequeno questionário de estratificação de risco e anamnese, pois, todos somos diferentes e, por isso, as nossas necessidades e limitações também o são! No meu caso, fiz questão de dizer à Inês que tinha uma escoliose, o que, embora não seja muito grave, é algo que sei que convém sempre avisar.

Um dos pontos fortes deste treino foi ter utilizado materiais completamente novos para mim. Para quem pensa que treinar é algo aborrecido e monótono, a prova do contrário é realmente o sem número de exercícios e materiais que se podem utilizar para tornar os treinos mais divertidos, eficazes e diversificados!

Vou, então, passar a falar de alguns dos exercícios que realizei e dos materiais que utilizei:

O treino começou com cerca de 15 minutos de passadeira, uma vez que o aquecimento é essencial!

Bosu

O bosu é um instrumento de treino muito versátil, uma vez que pode ser utilizado com a base assente no chão ou com ela virada para cima. Com ele, fiz dois diferentes exercícios.

bosu1

Continuar a ler →

  • RSS
  • Facebook
  • YouTube
  • Bloglovin
  • Instagram